Publicações

A importância da Psicomotricidade na Concentração

Quando pensamos sobre concentração precisamos considerar tempo e qualidade adequados. Ter tempo adequado de concentração significa conseguir iniciar e finalizar uma atividade com o máximo de aproveitamento possível. Quanto à qualidade, sabemos que concentração significa atenção associada a um receptor sensitivo (audição, visão, tato, olfato, propriocepção etc), portanto, uma criança bem concentrada consegue aproveitar uma atividade sem dispersar com outros estímulos.

Estamos concentrados quando temos em mente apenas um único objetivo. Se por exemplo, estamos tentando aprender algo e em nossa mente está passando uma sucessão de pensamentos, vozes e imagens, então não estamos concentrados em nada.

A psicomotricidade proporciona melhora na qualidade da concentração porque trabalha com o corpo, estimulando os diversos receptores de forma organizada, com um objetivo por vez, mas com diversas formas de aprender a mesma informação.

Quanto maior o numero de receptores acionados em uma atividade, maior a probabilidade de o aprendizado acontecer, pois mais receptores receberão a informação e o cérebro receberá estímulos por diferentes caminhos, facilitando a aprendizagem de novas informações. O nome da construção da aprendizagem no cérebro é sinapse. A sinapse é construída sempre que aprendemos algo novo, porém, ela só se transforma em memória se essa aprendizagem for importante, ou seja, se a informação aprendida for utilizada diversas vezes. Por esse motivo, nós do Grupo Eficiente, trabalhamos com planejamento individualizado em parceria com as escolas e a família de nossos pacientes. As habilidades conquistadas durante o processo terapêutico precisam ser transferidas para as atividades diárias de nossas crianças, dessa forma o aprendizado se torna significativo e funcional.

Para conseguir concentração na hora dos estudos é fundamental que o aluno tenha interesse pelo assunto, além de muita vontade e disposição. A seguir algumas dicas simples que auxiliam no desenvolvimento da capacidade de concentração:

• Fazer uma coisa de cada vez: ao fazer uma atividade é necessário ter toda concentração voltada somente a ela. Isso pode parecer óbvio, mas o mais comum é que uma pessoa faça uma determinada atividade e esteja pensando na próxima que precisará fazer depois.

• Organizar-se antes de iniciar os estudos é primordial para não ser interrompido no momento em que estiver concentrado. Organizar o local (perceba se não há barulho, se está frio ou quente, iluminação...) e o material (livros, papéis, canetas, lápis, dicionários).

• Dedicar o tempo que for necessário para concluir uma determinada atividade que esteja fazendo e, somente após concluí-la, passar para a próxima atividade, e assim sucessivamente.

• Aumentar o grau de dificuldade das atividades gradualmente iniciando das mais simples para as mais elaboradas.

• Fazer movimentos com concentração. As pessoas se acostumam a fazer as atividades de forma mecânica, isto é, fazer determinados movimentos sem prestar atenção, e pensando em outras coisas que não tem relação alguma com o que estão fazendo. Situações muitos comuns onde isto ocorre são: banho, escovação dos dentes, alimentação etc.

• Focar apenas no que é importante com disciplina: quando uma pessoa tenta se concentrar em algo, a mente "tenta" desviar para outros pensamentos, já que não está acostumada a ter disciplina. Quando isto ocorrer é necessário trazer a atenção imediatamente para o objetivo principal, tantas vezes quanto seja necessário.

A prática e a continuidade do aprendizado garantem o bom desenvolvimento. Em cada etapa da vida temos determinadas necessidades e aprendizagens, no próximo texto abordaremos a Psicomotricidade na Educação Infantil.

By Silvia Baltieri 

© 2013 - Todos os direitos reservados

grupoeficiente@grupoeficiente.com.br